Quando a Bancada da Bala diz "Controle de Armas" entenda "Descontrole". Saiba por que!

O Estatuto do Desarmamento é o verdadeiro estatuto do controle de armas para a segurança pública.


A política nacional de controle de armas, instituída pela Lei nº 10826/2003 (Estatuto do Desarmamento), é um conjunto de regras que regulamentam a produção, a comercialização e o uso de objetos perigosos tais como as armas de fogo. Para confundir você e toda a população, os descontrolados chamam de "controle de armas" a proposta que derruba esta política e busca aumentar o lucro da indústria armamentista.

Entre 1997 e 2003, 926.326 armas de fogo foram comercializadas no país, segundo o Exército, ou uma média de aproximadamente 132 mil armas por ano. Após a entrada em vigor do Estatuto em 2003, a comercialização de armas caiu para uma média anual de 53 mil armas, ou seja, houve uma redução na entrada de armas em circulação da ordem de 60%.

VOLTAR PARA HOME