Sobrinho da primeira-dama do Tocantins é suspeito de atirar no próprio irmão e fugir

Matéria veiculada no G1 em 04/01/2018

O advogado Reinaldo Pagani é suspeito de atira no próprio irmão, Clarindo Pagani e fugir em seguida. O crime aconteceu em uma oficina mecânica que pertence aos dois em Araguaína, no norte do Tocantins. Os dois são sobrinhos da deputada federal e primeira-dama do Tocantins Dulce Miranda (PMDB). A tentativa de homicídio foi na tarde desta quinta-feira (4).

Clarindo foi levado ao Hospital Regional de Araguaína e está internado. Fontes no hospital informaram que ele passou por um procedimento e está fora de perigo e consciente. Clarindo e Reinaldo são sócios na administração da oficina mecânica onde o crime aconteceu. Ainda não há informações sobre o motivo. O G1 tentou contato com a família, um outro irmão dos envolvidos chegou a atender, mas desligou a ligação em seguida.

Reinaldo já é considerado foragido. A Polícia Militar informou que houve apenas um disparo e que a vítima foi atingida no tórax.