Policial do DF atira em briga de trânsito e acerta criança de 6 anos

Matéria veiculada no G1 em 06/01/2017.

Clique aqui para acessar o vídeo da reportagem.

Um menino de 6 anos de idade foi baleado no tórax por um Policial Civil do Distrito Federal na manhã desta sexta-feira (6) durante uma briga de trânsito. A situação ocorreu na altura do km 15 da BR-070, em Águas Lindas de Goiás. De acordo com testemunhas, o policial se desentendeu com o motorista do outro carro e atirou contra ele por volta das 10h. A criança estava presa à cadeirinha e foi levada ao Hospital de Base em estado grave.

A criança, que foi atendida em um hospital da região, foi em seguida transportada ao Hospital de Base de helicóptero, que decolou por volta das 13h33. A família da criança também é de Brasília.

A Polícia Civil confirmou que o homem que fez o disparo faz parte da corporação e disse que a corregedoria foi até Águas Lindas para acompanhar o caso. Em nota divulgada à tarde, a polícia informou que o homem foi admitido na corporação em 1983 e demitido em 2001, após ser condenado em um processo interno por fraude em aposentadoria.

Treze anos após a demissão, em 2014, o policial civil conseguiu reintegração após uma decisão administrativa do então governador do DF Agnelo Queiroz. Segundo a própria Polícia Civil, o documento foi assinado em 31 de dezembro, no último dia de Agnelo à frente do Buriti. Por causa do tiro disparado nesta sexta, o agente responderá a outro processo e pode ser demitido novamente.

O policial tem 54 anos e é agente penitenciário do Centro de Progressão Penitenciária (CPP). Ele deve responder a um processo administrativo, que pode resultar em demissão.

Até a publicação desta reportagem, o policial seguia detido na Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) do Jardim Guaíra, na cidade do Entorno. Em novembro, ele recebeu salário de R$ 13.067 líquidos.

* Colaborou Elielton Lopes



Fonte: Agente penitenciário de 54 anos se desentendeu com motorista de outro carro, dizem testemunhas. Criança estava presa a cadeirinha e foi levada a hospi