Vídeo mostra capitão da PM atirando em vizinho após discussão em Cabedelo, PB

Matéria veiculada no G1 em 04/04/2018

Clique aqui para ver o vídeo da reportagem.

Um vídeo gravado pelo circuito de segurança mostrou o momento em que um capitão da Polícia Militar atira contra um vizinho na garagem de um edifício residencial no bairro de Intermares, em Cabedelo, na Grande João Pessoa. Nas imagens, o policial militar bate em um idoso com um pedaço de pau e depois corre armado contra um outro homem e atira várias vezes.

Ainda conforme a gravação, uma mulher desce as escadas ao ouvir os disparos, mas ao ver a cena, retorna correndo. O capitão aparece logo em seguida com a arma em punho e sobe as escadas rapidamente. O policial militar Alexandre Enedino foi preso no sábado (31) horas depois de atirar contra o vizinho no condomínio em que ambos moram.

Inicialmente foi dito pela polícia que o PM foi até uma área onde era realizada uma festa, mas as imagens mostram que o confronto do policial e da vítima foi feito na garagem do prédio, após uma discussão. Alexandre Enedino segue preso no Centro de Ensino da Polícia Militar, mas deve passar por audiência de custódia nesta segunda-feira.

O vizinho baleado, que não teve a identidade revelada pela polícia, foi encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde passou por tratamento médico de emergência e seguia internado em estado regular até a manhã desta segunda.

De acordo com policiais da Delegacia de Homicídios, o policial e o vizinho tinham um histórico de desentendimento e discutiram outras vezes. Outros moradores do prédio relataram que o policial costuma apontar a arma para vizinhos em tom de ameaça. A esposa do vizinho baleado relatou que o marido tinha ido comprar cigarro quando foi abordado pelo capitão da PM.

“Ele entrou com um pau e bateu nesse senhor. Meu esposo não gostou da atitude e pediu para que ele se acalmasse. Ele viu meu marido, sacou a arma e foi andando em direção a ele. Meu marido saiu recuando até que ele deu o primeiro disparo. Ele [marido] correu para fora do prédio e o policial deu mais três disparos”, contou.

Ainda de acordo com a esposa da vítima, após balear o vizinho, o capitão da PM Alexandre Enedino voltou para dentro do prédio e deu um tiro para alto, ameaçando que iria matar os demais. “Um já foi, agora vou matar os demais”, comentou a esposa da vítima.

Na delegacia, o policial militar afirmou que tem problemas mentais, embora nenhum laudo tenha sido entregue. A Polícia Militar informou que Alexandre Enedino trabalha normalmente e está lotado na corregedoria da corporação.