Quatro pessoas são atingidas por tiros durante festa de deputado em MG

Matéria veiculada no UOL em  27/08/2018.

Quatro familiares do deputado estadual de Minas Gerais Alencar da Silveira Júnior (PDT) foram atingidos por tiros na tarde domingo (26), enquanto participavam de uma festa no prédio do parlamentar em Belo Horizonte. Dois não precisaram de atendimento médico, outro foi atendido e mas liberado em seguida, mas José Inácio de Souza França, de 18 anos, sobrinho de Alencar, que teve quatro órgãos comprometidos, foi levado ao Hospital João XXIII, precisou passar por uma cirurgia de emergência e está internado no Centro de Tratamento Intensivo (CTI).

De acordo com o boletim de ocorrência, ao qual o UOL teve acesso, as testemunhas relataram à Polícia Militar que, durante uma festa na área de lazer do condomínio onde mora o deputado, os presentes foram surpreendidos com disparos, mas não conseguiram verificar a autoria, visto que vieram do alto e há muitos prédios em volta. A  PM chegou a fechar o quarteirão para tentar rastrear a origem dos tiros e identificar o atirador, mas não foi possível e o caso foi, então, encaminhado para investigação da Polícia Civil.

Segundo Eutália Barbosa França, mãe do jovem, a médica que atendeu França teria afirmado que a bala que o atingiu parece ser de calibre 22 ?e que quatro órgãos foram perfurados."Meu filho sentiu uma coisa queimando na barriga e minha sobrinha que estava ao lado dele falou 'sua barriga está cheia de sangue'. Foi quando ele levantou a blusa toda ensanguentada e os dois já vieram correndo em nossa direção. Nessa confusão ainda ouvimos mais disparos", contou Eutália.

A PM afirma que a vítima foi "submetida a uma intervenção cirúrgica para retirada de um corpo estranho alojado no abdome e teria fica constatada que se tratava de chumbinho, utilizado em armas de pressão".

Em nota, a Policia Civil de Minas Gerais afirma que já instaurou inquérito para apuração do caso. Procurado pelo UOL, o deputado mineiro apenas comentou o caso por meio de uma nota que já havia sido divulgada em seu Facebook após o ocorrido. "A tragédia não foi maior porque os convidados ainda estavam chegando. Eu mesmo ainda não havia chegado. Estamos todos muito abalados com isso e torcendo para que nosso sobrinho se recupere logo", disse Alencar da Silveira Júnior.